O poder do Espírito Santo para evangelizar – (Parte 14)

O poder do Espírito Santo

Mas recebereis poder… e sereis minhas testemunhas

Jesus estava se preparando para partir, por isso prometeu enviar o Espírito Santo, ele daria o consolo e o poder de que precisavam.  O Consolador os guiaria  na grande missão de evangelismo que repousava sobre eles. Jesus não os deixaria sós!

Continuamos com o capítulo 4 – Transmissão

O segredo da vida vitoriosa

Não nos é difícil perceber, pois, o motivo pelo qual Jesus esperava que os seus discípulos se demorassem em Jerusalém, até que essa promessa se tornasse uma realidade entre eles. De que outra maneira poderiam eles cumprir a comissão dada por seu Senhor, com júbilo e com tranqüilidade interior?

Uma experiência real com Cristo

Precisavam de uma experiência tão real com Cristo que as suas vidas ficassem tomadas pela sua presença. O evangelismo teria de transformar-se em uma compulsão fervente dentro deles, purificando os seus desejos e orientando os seus pensamentos. Nada menos que um batismo pessoal do Espírito Santo seria suficiente para tanto.

A transmissão de poder

O trabalho sobre humano para o qual haviam sido convocados, requeria uma ajuda sobre-humana – a transmissão de poder vindo do alto. Isso significava que os discípulos, através da confissão de seu orgulho profundamente arraigado e de sua inimizade, em total negação de si mesmo e entrega a Cristo, através da fé teriam de passar por uma experiência nova e refinadora do enchimento do Espírito Santo.

O fato que aqueles homens faziam parte da camada social comum da humanidade, não servia de empecilho de forma alguma.

O poder do Espírito Santo

Tão-somente serviu para lembrar-nos do grande poder do Espírito de Deus, que realiza o seu propósito em homens plenamente rendidos ao Seu controle. No primeiro artigo sobre o capítulo 4 – Transmissão,  você poderá ver como os discípulos responderam tão prontamente ao ensino de Jesus, eles entenderam que Ele os amava e  estava disposto a dar a vida por eles.

Afinal de contas, o poder reside no Espírito de Cristo.

Não é quem nós somos, mas quem Ele é, que faz toda a diferença.

(Extraído do livro Plano Mestre de Evangelismo de Robert Coleman, capítulo 4 Transmissão, Ed. Mundo Cristão)

O poder do Espírito Santo para evangelizar – (Parte 14)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *