Jesus, o impacto de sua vida espiritual – (Parte 15)

 

Homem orando, Senhor ensina-nos a orar.

Demonstração, assim Jesus ensinou os seus discípulos

Jesus providenciou para que seus discípulos aprendessem a sua maneira de viver diante de Deus e dos homens.
Seus seguidores precisavam apreender os segredos de sua vida espiritual. Jesus sabia o que era importante.

Hoje iniciamos o Capítulo 5 – Demonstração, do livro Plano Mestre de Evangelismo, de Robert Coleman.
Esta foi uma das estratégias de Jesus para treinar os seus discípulos. Por isso em grande parte do tempo os discípulos seguiam Jesus e simplesmente observavam como Ele procedia. Sua vida espiritual era tão impressionante que eles desejavam apreender cada vez mais os seus ensinamentos.

A prática da oração

Consideremos, por exemplo, a vida de oração de Jesus. Sem dúvida não foi por acidente que Jesus com freqüência permitiu que os seus discípulos o vissem a conversar com o Pai.
Os discípulos podiam perceber a força que Jesus derivava da oração; …devem ter percebido que essa prática fazia parte do segredo de sua vida.
Jesus estava resolvido a impressionar os seus discípulos com a necessidade e urgência dessa lição: a Oração.

Uma coisa é certa.
A menos que eles apreendessem o sentido da oração, e aprendessem como pô-la em prática, de forma coerente, não haveria grandes resultados derivados de suas vidas.

Usando as Escrituras

Outro aspecto da vida de Jesus, e que foi vividamente retratado ante os seus discípulos, foi a importância e o emprego das Santas Escrituras… Geralmente Jesus tomava precauções especiais a fim de impressionar os seus ouvintes com a importância de alguma passagem das Escrituras, e Ele jamais deixou de lançar mão da Bíblia em suas conversas com tais pessoas.
Ficou claro para eles que se tivessem de prosseguir em sua comunhão, por intermédio do Espírito Santo, depois da partida de Jesus para o céu, teriam de permanecer apegados à sua Palavra.

Supremamente conquistadores de almas

Através desse método de demonstração pessoal, todo aspecto da disciplina da vida pessoal de Jesus foi entregue como herança aos discípulos, mas o que talvez se revista de mais importância, em vista desse propósito final, é que, durante todo o tempo, Jesus ensinava-lhes como ganhar almas.

(Extraído do Livro Plano Mestre de Evangelismo, de Robert Coleman, capítulo 5 – Demonstração, Ed. Mundo Cristão)

Visite também o nosso Site:
www.editoraelim.com.br

Jesus, o impacto de sua vida espiritual – (Parte 15)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *